terça-feira, 9 de outubro de 2012

A tarde dos encontros





Olha, eu vou dizer a verdade. Eu nao esperava. Nao mesmo. Nada, nada. Eu sentei lá sem conhecer ninguém, tentei me virar rindo sem saber exatamente do que, até que eu desisti. Argh ! Tava perdidade demais. Já deu né ? Todas aquelas risadas sem motivo algum, aquelas piadas internas, as indiretas, aquele monte de gente estranha e diferente. Mas ai ... voce. Surgiu do nada, puxou assunto com a menina do lado e sem querer eu ja tinha me entrometido na conversa. Sorte minha. Se eu pudesse voltar no tempo e falar comigo mesma naquele momento , eu diria : você nao sabe quem está prestes a conhecer.
 Ok, é pra tanto ? Nao sei. Só sei que no momento foi. Te ouvir falar dos seus gostos combinados com os meus gostos favoritos. E derepente, todas aquelas pessoas que me faziam sentir mal e desconfortável, desapareceram." All I can say is it was enchanting to meet you" aquela música me veio direto na cabeça, exatamente como uma trilha sonora. Ela nunca tinha sido tao verdadeira.

 E a gente falou de política e faculdade e voce passou o mesmo que eu e eu me senti tao bem, eu me senti tao... alguma coisa aconteceu. Eu nem me importei com o seu vício pelo celular. E eu ri da sua cidade pequena. Eu poderia ter passado tento tempo ali. O seu ar meio impaciente e o seu jeito quieto de falar deu outro rumo aquela tarde. A gente mal conseguiu se despedir, eu olhei em volta e voce nao estava mais lá. Me bateu aquele sentimento de perda. Eu nao sabia se ia te ver de novo.

De noite, indo dormir, o meu último pedido do dia foi para que sua namorada fosse menos ciumenta e deixasse eu te ter como um amigo. Porque eu precisava te falar que foi encantador ter conhecido você.

2 comentários:

  1. Ain que fofinha você, adorei seu jeito de escrever (:

    ResponderExcluir
  2. Obrigada *-* Só escrevo o que eu sinto, ha, bjs

    ResponderExcluir